segunda-feira, 17 de março de 2014

descalço

refiz o caminho...
tem estradas que o melhor é não trilhar...
há ruas de confusão, setas pra todo lugar e indicação de esconderijos...
não preciso dessas passagens...travessas feitas para se perderem,
só servem para confundir e aumentar as distâncias...
desenharam suas pegadas (para pisar)
muitas em sentidos duplicados
minha sorte é não caminhar seus passos
descalço...
mas a proteção é para os pés
não há escudo para o peito
e às vezes parece que as pessoas trocam o coração pelos pés
e saem pisando tudo pela frente, se magoando...
depois que veem que ao invés de pegadas, o que deixaram
foram pedaços do coração...
um coração bem machucado
encorajado a dizer não





Um comentário:

A Marques disse...

O mundo desenha muitos caminhos diante dos olhos... Tantos caminhos que nos confunde: Será que devo ir para lá? Ou, para cá? Ou para algum outro? Quase sempre não temos uma visão tão apurada. É preciso decidir. Uma vez decidido é seguir...! Para tudo haverá pedras. Podemos ter até alguma resistência "muscular" para suportar umas pedradas, mas quando se trata do coração, aí é diferente! Não há um remédio eficaz e imediato. Muitas coisas nascem de um coração machucado como por exemplo, o descrédito. Passamos a olhar com descrédito para as coisas. Com isso, cai-se na proteção do isolamento. Mas, o isolamento, no fundo, não nos protege de nada... A dor e os tédios estarão lá fazendo companhia. Mas nisto também reside uma lição. Quando a "enfermidade" se atenua, passa-se a ver com mais clareza tudo... Nessas horas percebemos que para cada grande desgosto ao peito, há um tempo de luto que precisa ser vivido como um processo. Este processo nos mostra também, que não spode viver para sempre neste luto, mas que, no tempo certo, deve-se abandonar e partir... seguir em frente! Pois a vida é sempre um mar de possibilidades, nenhuma dor deve ser tida como uma tirana absuluta à reger nossos ânimos. Há um tempo para senti-la no extremo e, há um tempo para despedir-se dela e alçar vôo. Só assim se pode caminhar livre...! // Excelente trabalho!!! Uma boa tarde.

Postar um comentário