segunda-feira, 22 de maio de 2017

choro...

palavra liquida que consegue dizer,
compulsivamente,
onde estou doendo

palavra rasgada, a sangrar...
música de todos os sentidos
de todos meus silêncios.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

são meus olhos...

na contagem do tempo
na paisagem, na janela e aqui dentro
um olhar mais quieto, desajeitado às vezes
mas, único... são meus olhos, quando me olham.

já desconfiei se eram mesmo meus olhares
mas só às vezes, quando sinto saudades
e quando não me "acho"...

meus olhos, que ás vezes se iludem, me desafiam sempre
aí eu tenho que olhar de novo mantendo a permanecia
das descobertas que ele provoca sob a luz do real
sobre os fascínios dos quereres ininterruptos
a luz precisa ser direcionada nessa realidade do existir





segunda-feira, 15 de maio de 2017

Quando adoeço

Às vezes adoeço

Adoece em mim os olhos e a boca
Os ouvidos e as mãos

há um grito entalado na boca do estômago
há um riso caído nos pés que, descalços,  são feridos nas pedras lisas e pontiagudas num solo cansado de ontens e amanhãs que insistem em abafar a vida que pulsa hoje perto de nós

Mas há  sempre uma luz que guia os sentidos
Para frente e para o alto
É que pede olhar com alma mais uma vez

...

quinta-feira, 9 de março de 2017

Para você que ainda não morreu

poucas pessoas tem sensibilidade e disposição para enxergar o outro, o eu no outro, e o mundo a sua volta...
poucas pessoas tem coragem de dizer sim ao coração e rasgar suas fibras diariamente... e nunca calar os sentidos.
poucas pessoas param para ver a vida passar e quando pode abraçá-la forte, deixando na vida dos outros o seu cheiro, o seu gosto, o seu amor... deixar um pouco de si no outro faz com que o valorize, o respeite... por se sentir pertencida, ali, num cantinho de toda aquela vida que corre pra lá e pra cá...
para você que ainda não morreu, ainda hoje: Viva!


quarta-feira, 8 de março de 2017

Para quando lembrar...




Para quando lembrar...


Ser forte!


Para quando estiver cansada, não desista, descanse!


Mãe... você abraça todas as ideias e sentimentos de ser mulher. Te amo!