quinta-feira, 19 de setembro de 2013



só o coração vive de esperas de um jeito único e febril...

só ele acalenta os sonhos...

e sabe transformar abandonos em saudades,

só para saber viver "morrendo de amor".

Um comentário:

A Marques disse...

Muito bonito o que escrevestes!!!

Postar um comentário