sexta-feira, 13 de setembro de 2013

resgate


Pensando sobre "revolver o passado" revi muito do que sou...
e às vezes, preciso voltar ao passado para lembrar-me de mim.
as vezes permito-me,  no tempo, viver cada lado: de passo, de pausa.
mas tem dias que a gente quer mesmo é reviver o passado, com seus conflitos e suas alegrias. e essa pausa não me deixa morrer: o sonho...
um colorido guardado na gaveta do tempo empoeirado, se é que é possível.... o tempo é movimento, quem pára sou eu. sou eu quem guarda o pó nas gavetas... vez ou outra precisa faxinar. e não adianta pedir ajuda. só você sabe o que deve jogar fora, o que deve doar, o que deve reformar. você sabe tudo que importou, só precisa lembrar... e ver bem se lá no fundo ainda existe você, inteira ou parte e de que maneira.

Um comentário:

Anônimo disse...

Queria resgatar algumas coisas em mim, mas... elas se escondem nas profundezas da alma... Abraço. Maria.

Postar um comentário