segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

o pó das gavetas

hoje mais uma vez, senti a dureza das palavras...

hoje se fazem lanças das palavras, como se apontassem lápis pra fazer a lição do dia...
dia de soprar o pó das gavetas do peito, sem jogar a poeira nos ventos...nos olhos alheios...


Um comentário:

Rose Rocha disse...

Aponta_dores

hoje se fazem lanças das palavras, como se apontassem lápis pra fazer a lição do dia...

***
nesse tempo de soprar o pó das gavetas do peito, lembre-se de que se jogar a poeira nos ventos...nos olhos alheios... estará mostrando a sua sujeira. Depois da faxina, mostre-se, como ficou confortável em seu coração após se livrar da dor, do rancor, das mágoas, da inveja e da preguiça de viver.

Postar um comentário