quarta-feira, 26 de novembro de 2014


há uma certeza nessa liberdade de amar...
você carrega tanto...tudo dentro de si.
aí esta a riqueza da sua causa...sua vida...seu amor...
estar dentro do outro implica saber sentir como o outro sente o mundo e você
os medos, as surpresas, os desafios, os quereres, a força, a fragilidade e a dor...
estar dentro... um exercício de respeito contínuo e paciente...

Um comentário:

A Marques disse...

Muito bom!
Nisto consiste o amor...
...é esta contínua entrega;
é este saber colocar-se no lugar do outro,...
O respeito e a paciência são também os frutos do amor. São coisas que vem naturalmente e provam a importância e a riqueza que é amar! Isso se dá em tudo na vida: tudo o que fazemos com amor, adquire sentido!

Postar um comentário