terça-feira, 30 de abril de 2013

Simplicidade

gosto do que é simples
da Palavra - que vai e diz
do som, do tempo, de flores, de gente (se possível, humana)
gosto de olhos e olhares
às vezes invejo o impulso
(e às vezes ele a mim)
e noutras a gente dá as mãos e sai por ai
tem coisas que não entendo
tem gente que não entendo
e nem aceito. só deixo estar
mas tem gente e ar...
que me toma nos braços
que me faz perder o fôlego
que me ensina a viver
que me permite sonhar
e tem o gosto da vida!
e tem a intenção do gesto!
e tem o orvalho, nas letras, nos olhos
gosto de ver o que é simples
com olhos simples
mas às vezes "complico" tudo


Um comentário:

Anônimo disse...

é o nosso jeito de complicar a vida. simples assim. de repente tudo se complica, vira do avesso, se inverte. ainda bem que tem as palavras para registrar, senão a gente nem acreditaria nessa simplicidade complicante da vida.

abraço.
Maria.

Postar um comentário