quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

constantemente busco em seus olhos as respostas e os consentimentos...
não sei mudar essa relação dependente com.sentimentos
seu olhar de mundo...quero caber no olhar...procuro e não acho
onde é que estou ou onde é que sou parte...
fico pensando e enumerando sonhos possíveis
e traço um horizonte daquela utopia
e caminho esse caminhar de partidas... de idas...


anotações

Um comentário:

Juca disse...

Talvez o que falte e parar de buscar e simplesmente sentir.Agregar, fazer parte, ainda sem consentimento expresso.
É necessário abrir o olhos e o coração para ver de fato. Às vezes não conseguimos ver que já fazemos parte de tudo e há muito tempo.

Postar um comentário