segunda-feira, 13 de abril de 2015

até seu coração...

... e para cada pensamento há um silêncio, a nossa resistência, essa coragem e a força do amor... que ainda assusta e surpreende... porque tenho medo... e porque há tanta beleza na vida da gente...

desistências sempre me rondam... (no mesmo medo) nas mãos, nos olhos...há mais uma prece (até o seu coração) há muitos conselhos e eu aprendi a dobrar os meus joelhos!

é a necessidade que cavoca tudo que há... e os sentidos gritam mesmo que não haja mais ouvidos no mundo... e a cada dia diminuam os corações (quase não há espaço para entrar),

não há mais olhares no mundo, não há abraços. há muitas pedras...nas mãos... nas minhas...um coração ... a bater... por amar

2 comentários:

A Marques disse...

Belo texto! Reflete bem as estreitezas da vida.

A Marques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário